O dia Do Basta

Tem momentos na vida que a gente dá um basta:

basta de relacionamento ruins, basta de ser capacho dos outros,

basta de se sabotar em favor dos outros,

basta dessa ansiedade que me consome,

basta dessa dependência financeira e emocional…

Eu não sei se esse “dia do basta” já chegou pra você,

só posso dizer que é libertador.

Quando ele chega, não tem nada que a impeça de fazer o que precisa ser feito!

Uma certeza e determinação enorme entra em ação e tomamos atitudes que jamais imaginamos.

O Meu Dia do Basta foi assim…

Resolvi me separar: eu saí de casa num sábado de sol, sem avisar ninguém, com os meus filhos comigo.

Aluguei uma casa e fui sem olhar para trás, só com a certeza de que estava dando o primeiro passo em busca de uma vida melhor para mim e para eles.

Sem mágoas e nem ressentimentos, já havia trabalhado isso dentro de mim.

Se tive medo? Muiiiiiito.

Principalmente pelas crianças.

Mas naquele momento eu precisava agir, precisava dar uma basta naquele relacionamento tóxico que fazia mal a mim, a ele e as crianças.

Estava bem cansada daquilo tudo. Eu mudei, mas infelizmente ele não conseguiu acompanhar a mudança.

E a lição que tirei disso tudo é uma só, e hoje ela rege a minha vida …

“Somos nós que deixamos que outras pessoas e acontecimentos nos tirem a paz e nos magoem. No fim das contas é uma luta de você contra você mesma, o tempo todo.”

Se você anda precisando dar um BASTA e parar de depender dos outros financeiramente e emocionalmente eu posso te ajudar!

Já pensou em ter uma profissão que seja sua? Já pensou em trabalhar com estética e depilação? Pode ser até dentro da sua casa, eu te ensino como.

Eu sempre indico começar pelo curso de depilação e depois ir se especializando em outras coisas. Depilação é a base.

Mais para frente você pode até se tornar instrutora de depilação, já pensou? Eu tenho esse curso também.

Se quiser saber com funciona CLIQUE AQUI!

COMPARTILHE ESTE ARTIGO

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *