virilha_axila

Você sabe porque as foliculites aparecem após a depilação?

Causada por uma infecção dos folículos pilosos, a foliculite se trata de pequenas bolinhas inflamadas que surgem geralmente após a depilação. Apesar de haver vários fatores ligados à presença dos pelos encravados na pele, geralmente, eles se manifestam depois do uso da cera quente. Com o tempo, a depilação com cera enfraquece os fios que, ao nascerem novamente e encontrarem uma área desidratada, áspera e seca, têm dificuldade para romper a camada da pele, o que provoca o encravamento. É preciso ter cuidados pós-depilação e até mesmo com o uso de roupas e cosméticos são formas de evitar o problema. Existem vários cuidados que ajudam a amenizar o problema, mas o melhor é sempre prevenir. Confira algumas dicas:

HIGIENE

Seja qual for o seu método depilatório, higiene é fundamental para evitar a proliferação de bactérias. Portanto, jamais use cera reaproveitada e os utensílios usados durante a depilação devem ser descartáveis ou esterilizados. As condições de higiene do local devem ser impecáveis. Evite também tomar banhos muito quentes e demorados. Falando em higiene, no período de menstruação da mulher, aumenta-se a secreção da glândula ao lado do pêlo e encrava. A dica é usar roupas mais largas e arejadas e calcinhas sem elástico.

ESFOLIAÇÃO

Uma das principais causas da foliculite é o excesso de queratinização. Por isso, é recomendado esfoliar a pele pelo menos uma vez por semana. Você pode utilizar sabonetes ou cremes esfoliantes e até utilizar bucha vegetal. É importante saber que a esfoliação sempre vem antes da depilação e o resultado é uma pele lisinha e livre das células mortas.  Não caia na tentação de cutucar, espremer ou arrancar com a pinça os pêlos encravados. Isso só vai ajudar a deixar o local mais inflamado, além de deixar a pele marcada ou manchada

ROUPAS

Roupas apertadas, sobretudo de tecidos sintéticos, devem ser evitadas. Os tecidos sintéticos não deixam a pele respirar, e com isso o local fica quente e úmido. Quando a roupa é apertada, gera um atrito que machuca a pele, uma mistura que resulta num ambiente perfeito para as bactérias agirem.

CREMES

Logo após a depilação, é indicado usar uma loção calmante ao invés de hidratantes pesados, já que eles tendem a entupir os poros e isso acaba atrapalhando a saída dos pelos. Nos dias seguintes à depilação, opte por hidratantes mais leves.

LÂMINA

Se você adota o método de depilação com lâmina, fique atenta ao sentido do crescimento do pêlo, pois isso ajuda a evitar que os pelos encravem. Após o uso, lave o aparelho, preferencialmente com um sabonete antisséptico, e conserve-o longe da umidade. Fique atento e troque a lâmina com frequência.

PELE

Se você costuma ter esse tipo de problema, experimente lavar a região com o mesmo tipo de sabonete usado para acne, preferencialmente que tenha ácido salicílico e/ou enxofre. E não esqueça: jamais depile com a pele suja.

LASER

A depilação a laser é tida entre os especialistas como uma das melhores soluções para evitar os pêlos encravados, mas se esse método é financeiramente impossível pra você, a saída é adotar cuidados para ter uma melhora no problema.

QUER SE TORNAR UMA DEPILADORA DE SUCESSO? CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS

VOCÊ JÁ É DEPILADORA? ESPECIALIZE-SE AINDA MAIS, CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS SOBRE O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO PARA DEPILADORAS

 

COMPARTILHE ESTE ARTIGO

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *